facim 2017 visita Primeiro ministro3A STEMA esteve presente na na 53ª Edição da Feira Agrícola, Comercial e Industrial de Maputo (FACIM - de 28 de Agosto a 3 de Setembro de 2017 ) para mais uma vez expor as suas potencialidades de prestador de serviços de manuseamento ( recebimento, armazenagem e expedição) e comercialização de cerais.


A empresa augura conquistar lugar na classe de prestador de melhores serviços a nível mundial. O Presidente da Comissão Executiva da STEMA, Eng. Silvino Moreno, garante que foram dados passos significativos rumo a prossecução dos objectvos estratégicos da empresa. Aponta a titulo de exmplo que em 2016 a empresa foi certificada pelo sistema ISO 9001 (gestão da qualidade) e,  está em curso a certificação em ISO 18000 (ambiente e segurança no trabalho).

A empresa está fcada no seu plano estratégico que tem como pilar o crescimendo, desenvolvimento e expansão. Nesse âmbito, recentemente a empresa estabeleceu parcerias com clientes e parceiros que culminaram no manuseio de novo produto - malte.

A STEMA está na vanguarda em termos de tecnologia de ponta especifífica para o manuseio de cereais. Todo o processo de manseio é realizado por sitemas de automação onde a contribuição humana é na monitoria e operação de máquinas. A nível da Região Austral a empresa figura entre os maiores manuseadores de carga .

No entanto ainda há desafios que a STEMA pretende ultrapassar com o estabelecimento de novas parcerias em diversos domínios com vista a fortalecer a posição estratégica. Por isso a participação da empresa na maior montra comercial do País projectou a sua exposição ao país, a região e ao mundo.

O Stand de exposição do STEMA cintilou no pavilhão Kongwa tendo sido apreciado e visitado por clientes actuais e potenciais bem como parceiros que corporizam o público alvo.

 Altos dignatários e membros do Governo também se aproximaram para encorajar tendo tecido elogios face a qualidade da exibitécnica exposta no Stand. A presença da STEMA no certame foi abrilhantada pela honrosa visita do Primeiro Ministro de Moçambique, Carlos Agostinho do Rosário.